Governo do Rio Grande do Sul proíbe fogos de artifício com barulho

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
O governo do Rio Grande do Sul proibiu, na sexta-feira (11), a queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios com ruído. Os artefatos pirotécnicos não poderão ultrapassar 100 decibéis a uma distância de 100 metros.
A fiscalização será feita pela Polícia Civil. A multa, para quem descumprir a lei, varia de R$ 2 mil a R$ 10 mil (102 a 512 unidades de padrão fiscal), conforme a quantidade de fogos utilizados. Em caso de reincidência em um período inferior a 30 dias, o valor será dobrado.
O decreto assinado pelo governador Eduardo Leite regulamenta a Lei 15.366, de autoria da deputada estadual Luciana Genro.
“Fizemos questão de fazer esse registro, afinal, sabemos que há uma parcela da população que se mobiliza em torno disso devido aos transtornos que esses fogos causam, e é importante dar o devido crédito a quem tomou a iniciativa. Agora, damos sequência ao regulamentar a lei”, disse o governador.
De acordo com Luciana Genro, a poluição sonora gerada por esse tipo de artefato causa graves perturbações, tanto para pessoas como para animais. São afetados bebês, crianças e idosos, especialmente crianças autistas e idosos com Alzheimer.
Fonte: G1
Doce Sabor
Side3

Acompanhe no Facebook

Posts Relacionadoas