Catedral: reabertura será no dia 27

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

 

A magnífica silhueta é imponente, o aspecto que, desde já, oferece o nosso templo, sendo gerais e incontidas as expressões de admiração”. A frase é de monsenhor Vitor Battistella, registrada para a história de Frederico Westphalen, ainda na década de 1950, quando a Catedral Santo Antônio estava sendo construída, seguindo o projeto, no estilo gótico, do engenheiro Ticiano Bettanin.

Dois anos após o lançamento do projeto de reforma da igreja, que contemplou várias frentes como restauro do reboco, pintura externa, pintura interna, novos bancos e peças do presbitério, iluminação, sonorização, estacionamento, entre outras, a comunidade está prestes a retornar para o templo que impressiona por sua beleza e também é símbolo de fé dos católicos. Neste período de melhorias, as missas ocorreram no salão paroquial.

Foi confirmada nesta semana, por Dom Antonio Carlos Rossi Keller, que a reabertura da Catedral Santo Antônio será no dia 27 de setembro, último domingo do mês. Em virtude da pandemia do coronavírus, a cerimônia será um pouco restrita, contanto, portanto, com transmissão ao vivo pelo Complexo Luz e Alegria, FWTV e redes sociais do Jornal Folha do Noroeste.

A missa solene receberá os bispos da Arquidiocese Norte do Rio Grande do Sul; de todos os padres e seminaristas da diocese; dois representantes das comunidades do interior e dos bairros e convidados. Será celebrada pelo Bispo Diocesano, Dom Antonio Carlos Rossi Keller e co-celebrada por todos os padres da diocese. O número de pessoas presentes será definido de acordo com os protocolos de distanciamento da bandeira vigente na data.

– A obra está sendo terminada, mas nós ainda temos outros desafios em relação ao trabalho. É preciso restaurar também todos os objetos de culto que a Catedral tem e que, com o tempo e com o uso, se desgastaram consideravelmente. Nós não precisamos comprar itens novos. Existe a questão do mobiliário interno da sacristia, onde se guardam os objetos. Então, agora começa esta fase –, explica. Conforme Dom Antonio, esta etapa terá andamento com a Catedral já reaberta, pois as missas passam a ser celebradas na Igreja.

O bispo lembrou ainda que também foi reformado o Centro de Formação, local onde ocorrem os cursos dos leigos.

Bancos

Monsenhor Leonir Fainello, pároco da Catedral, conta que a montagem dos novos bancos da Igreja deve ser finalizada na próxima semana. O proprietário da ED Móveis, Evandro  Dall’agnol, empesa responsável, explica que a fabricação começou em julho do ano passado. Os bancos foram feitos em madeira tauari. Por seis meses, uma equipe de três marceneiros e três pintores se envolveram diretamente no trabalho. “Foi uma experiência gratificante, pois é um trabalho que vai fazer parte da história da Catedral”, destacou Dall’agnol. Ele explica que os modelos foram inspirados em itens produzidos para outra igreja, que é uma referência. Os 162 bancos têm inclinação de assento e encosto, detalhes específicos de tamanho e tom da cor.

Por: Márcia Sarmento/ Folha do Noroeste 

Doce Sabor
Side3

Acompanhe no Facebook

Posts Relacionadoas