Homem é condenado pela morte de Camila Centenaro

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Nesta semana foi realizado o júri popular que julgou o processo envolvendo a morte da motorista de um Fiat/Palio, em setembro do ano de 2019. Na ocasião, Camila Centenaro, de 31 anos, morreu após perder o controle do veículo em uma estrada na linha Peretto, interior de Vista Alegre. Ao sair da pista, o carro colidiu em obstáculos e acabou incendiando.

Conforme a apuração do fato, constatou-se que o acidente foi criminoso. Diante disso, o acusado de ser o autor dos delitos – o ex-companheiro da mulher, Jonatan Klauck – foi condenado a 20 anos de prisão por homicídio quintuplamente qualificado.

O julgamento do caso iniciou às 9h da terça-feira, 14, e encerrou às 17h da quarta-feira, 15. Camila, na época, era enfermeira do Hospital Divina Providência (HDP) e proprietária de uma farmácia em Vista Alegre.

Foto: Arquivo Folha

Publi Sabor Gaúcho
Side3

Acompanhe no Facebook

Posts Relacionadoas